Morre Arlindo Neto, policial penal baleado em Campo Maior

 

Morreu nesta segunda-feira (5) o policial penal Arlindo Neto, baleado em uma suposta tentativa de assalto no dia 27 de junho, no Parque Estrela, em Campo Maior.



Arlindo estava internado em estado grave e passou por uma cirurgia para tentar reverter as lesões causadas pelo projétil na região do fígado. Ele acabou não resistiu e faleceu.


O policial penal estava na casa de amigos quando dois chegaram e anunciaram o assalto. Ao perceberem que se tratava de um policial, os bandidos efetuaram disparos e atingiram Arlindo e outro homem identificado como Sebastião.


A polícia iniciou as diligências para identificar os suspeitos e esclarecer os reais motivos do crime. Até o momento ninguém foi preso, mas as investigações estão em curso, segundo a Delegacia Regional de Campo Maior.