COVID-19: Dois pacientes morrem na porta do Hospital de Campo Maior por falta de leitos


Atualizada às 11:43


A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) negou que as mortes registradas nessa terça-feira (23) no Hospital Regional de Campo Maior tenham sido por falta de leitos na unidade de saúde. Segundo nota, dos 50 leitos, 19 estão sem pacientes


Matéria original 


Dois pacientes infectados pela COVID-19 morreram na noite dessa terça-feira (23) na porta do Hospital Regional de Campo Maior (HRCM) a espera de leitos na unidade de saúde.


Em entrevista à TV Clube, na manhã desta quarta-feira (24), o prefeito Joãozinho Félix, afirmou que os pacientes apresentaram sintomas graves da doença e foram atendidos por ambulâncias e encaminhados ao hospital.




Com 100% dos feitos clínicos e de estabilização exclusivos para o tratamento da Covid-19 ocupados, os pacientes foram atendidos ainda dentro das ambulâncias na porta do hospital, mas não resistiram e faleceram.



O município apresenta um crescimento nas taxas de novos casos e óbitos em decorrência do novo coronavírus. Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), Campo Maior registrou nas últimas 24h um total de 60 casos confirmados da doença. Desde o início da pandemia, Campo Maior já registra 86 óbitos.