SAAE de Campo Maior completa 62 anos neste sábado (30)


O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Campo Maior (SAAE) completa neste sábado, 30 de janeiro, 62 anos de história. São mais de seis décadas presente no dia a dia dos campo-maiorenses, superando os desafios administrativos e se consolidando como uma autarquia municipal. 

Para o diretor do SAAE, Wellington Sena, nesses 62 anos é preciso olhar para trás e avaliar os avanços que Campo Maior conseguiu com a municipalização dos serviços. Ele pontua que durante esse tempo o órgão democratizou o abastecimentos de água no município e presta serviço de qualidade aos usuários.

“É uma data a ser celebrada por todos os campomaiorenses porque o SAAE é um patrimônio do povo de Campo Maior. São 62 anos de uma autarquia que é nossa, trabalhando para todos nós. Seja nos bairros de melhor poder aquisitivo seja nos menos favorecidos, a SAAE está presente diariamente na vida de todos os moradores. Os serviços prestados pela autarquia é motivo de orgulho”, afirma. 

O futuro do SAAE apresenta desafios em consonância com o crescimento habitacional de Campo Maior e com as novas tecnologias, mas sem perder o compromisso com a sustentabilidade financeira e ambiental. Wellington Sena aponta que o tratamento do esgoto deve ser o maior foco da autarquia nos próximo anos. 

“Campo Maior está em crescimento e o SAAE precisa acompanhar essa expansão. Temos a meta de levar água tratada a todos os lares, isso e um desafio quando os nossos poços apresentam cada vez mais uma menor vazão. Precisamos ampliar os estudos e buscar novas fontes de abastecimentos. Mas o tratamento do esgoto é nossa grande meta. O compromisso com o meio ambiente requer isso”, completa o diretor. 

HISTÓRIA

O SAAE foi criado através de lei municipal de 30 de janeiro de 1959. Inicialmente o serviço era um departamento ligado ao Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOSC). Só em 1970 o SAAE se tornou uma autarquia municipal responsável pelo fornecimento de água aos campomaiorenses.